Natal

Inscrição aqui  150€

O Centro de Educação Ambiental – Quinta da Escola tem também colónias de férias divertidas e inesquecíveis para quem as frequenta. A Quinta da Escola está licenciada pelo IPJ com registo nº 73/DRLVT, para funcionar como Campo de Férias e receber grupos de crianças e jovens de diferentes faixas etárias, em períodos de interrupção letiva.

Aliámos a nossa experiência com crianças e jovens para proporcionar umas férias fantásticas a quem nos visita! As nossas colónias decorrem em três épocas distintas: Páscoa, Verão e Natal, com atividades adaptadas a cada altura do ano e às idades dos nossos participantes. Aceitamos crianças desde os 7 aos 18 anos ajustando as atividades, rotinas e responsabilidades a cada grupo etário.

Proporcionamos momentos de desenvolvimento pessoal, social, cultural e desportivo, únicos e inesquecíveis.

As nossas atividades vão desde: arborismo, Escalada, Rappel, Espeleologia, Slide, Piscina….(Informação pedida aos monitores).

Objetivos do Campo de Férias

1 – Promover o desenvolvimento da personalidade das crianças e jovens, dos seus dons e aptidões mentais e físicos na medida das suas potencialidades;
2 – Incutir na criança o respeito pelos pais, pela sua identidade cultural, língua e valores;
3 – Preparar as crianças e jovens para assumirem as responsabilidades da vida numa sociedade livre, no espírito de compreensão, paz, tolerância, igualdade entre sexos e de amizade;
4 – Promover o respeito dos participantes pelo meio ambiente e o conhecimento do meio natural, cultural e social envolvente;
5 – Garantir a segurança do grupo durante todo o Campo de Férias;
6 – Conseguir um bom ambiente de trabalho e coesão da equipa pedagógica.

  • Estabelecer relações adequadas entre si, favorecendo uma vida relacional satisfatória e salutar através da aquisição e o desenvolvimento de aptidões individuais e sociais básicas;
  • Desenvolver o comportamento e a comunicação assertiva, a empatia, a cooperação e o respeito pelos/as outros/as e pelo património ambiental e cultural;
  • Desenvolver a autoestima;
  • Desenvolver o espírito de pertença a um grupo sem perda de identidade;
  • Desenvolver o espírito crítico;
  • Diminuir a possibilidade da existência de comportamentos de risco (ou comportamentos pouco assertivos) que o tempo livre não estruturado pode propiciar;
  • Fomentar a inclusão social;
  • Promover o desenvolvimento pessoal mais coerente e equilibrado, que ajude cada participante a tirar melhor partido de todas as suas capacidades;
  • Valorizar cada jovem promovendo as suas capacidades.

Vídeo